Após decretação de prisão, polícia tenta localizar "Júnior do Nenzim", suspeito de ter assassinado o próprio pai em Barra do Corda
08/12/2017 - 0h46 em Novidades

 

 
"Júnior do Nenzim" é apontado como responsável pela morte do próprio pai
A Polícia está tentando prender o ex-candidato a prefeito de Barra do Corda Manoel Mariano Júnior. Ele é o principal suspeito de ter assassinado o próprio pai, o ex-prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin.
 
Na noite desta quinta-feira (7), a justiça decretou a prisão de “Júnior do Nenzim”. A decisão da Justiça atende a um pedido da Polícia Civil do Maranhão, que encontrou fortes indícios do envolvimento do filho do ex-prefeito no crime.
 
O crime ocorreu na manhã de quarta-feira (6) e abalou o município de Barra do Corda. Ambos se deslocavam em um carro a caminho da fazenda da família quando Nenzim parou para urinar e foi alvejado com um tiro na nuca.
 
O ex-prefeito chegou a ser socorrido no Socorrão de Presidente Dutra, mas não resistiu aos ferimentos.
 
No Socorrão de Presidente Dutra, um dos filhos dele, Pedro Teles, que está com prisão decretada, teria chegado a afirmar que o irmão, “Júnior do Nenzim” seria o responsável pela morte do pai.
 
O crime teria sido motivado por questões financeiras ou de herança. 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!