Acusado de agredir a mulher, cantor Naldo pede perdão e diz que vai ‘buscar ajuda’
07/12/2017 - 15h22 em Novidades
Cantor foi preso – e liberado após pagar fiança – por posse ilegal de arma e será investigado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria
 

Por da redação
Veja
 
Naldo Benny se manifestou nesta quarta-feira após sua prisão por posse ilegal de arma e as acusações de agressão e ameaça contra sua esposa, Ellen Cardoso, conhecida como Mulher Moranguinho. Em áudio divulgado por sua assessoria de imprensa, o cantor afirma que está “destruído e arrependido” e que vai “buscar ajuda profissional”.
 
“Quero pedir perdão à minha mulher. Dizer que eu vou lutar pela minha família. Que eu estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado, arrasado por tudo o que aconteceu”, disse ele.
 
“Eu já estou em busca de ajuda, já estou em busca de profissionais que possam me ajudar para que eu possa estar em condições de rever tudo o que eu fiz, de ser um ser humano melhor.”
 
Naldo foi preso em flagrante quando a polícia encontrou uma pistola calibre 7,65 e quatro munições em sua casa no Rio de Janeiro. O cantor foi liberado ainda nesta quarta após pagamento de fiança e será investigado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria. Ele foi denunciado pela própria mulher. Naldo e Moranguinho se casaram em 2013 e têm uma filha de 3 anos juntos.
 
‘Desentendimento’
 
Em comunicado enviado por sua assessoria, o cantor classifica o caso como um “desentendimento familiar”. “Após dois shows, Naldo e Ellen tiveram um desentendimento que pode acontecer com qualquer casal. Infelizmente, o resultado foi Ellen abandonar a casa da família com a filha Maria Vitória”, diz a nota.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!