Homem mata a ex-mulher dentro de viatura da PM
09/10/2017 - 11h51 em Novidades

 

 
Autor do crime havia sido colocado no banco de uma viatura ao lado da vítima, após ela descobrir uma câmera escondida dentro de casa
 
Rene Moreira, Especial para o Estado
 
Uma mulher foi assassinada dentro de uma viatura da Polícia Militar pelo ex-companheiro na tarde de sábado, 7, em Teófilo Otoni (MG). A atendente Laís Andrade Fonseca, 30, acionou a PM após localizar uma câmera escondida dentro de sua casa filmando e transmitindo imagens em tempo real dela e do filho de 8 anos.
 
A câmera estava no banheiro e transmitia através de um computador localizado na laje da casa, no distrito de Pavão. Procurado, o ex-marido confessou ter instalado o equipamento por ciúme. Ele tem 34 anos de idade e, ao ser detido, foi colocado no banco traseiro da viatura, sem algemas, ao lado da ex-mulher.
 
Quando eram levados para a delegacia, ele sacou uma faca e a matou com um golpe no pescoço. Ele ainda desferiu dois golpes contra o próprio corpo e saltou da viatura em movimento para tentar fugir, mas acabou preso.
 
Revista
A vítima foi levada a um posto do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), onde já chegou sem vida. A Polícia Civil investiga o caso e pegou a versão dos PMs durante a elaboração da ocorrência.
 
Eles garantem que o revistaram ao fazer a detenção e que ele não estava armado. Argumentam ainda que o acusado não apresentava comportamento agressivo e, por isso, foi colocado sem algemas ao lado da vítima.
 
Os policiais não foram capazes de explicar como  ele conseguiu a faca e o batalhão da PM de Teófilo Otoni não se manifestou oficialmente sobre o ocorrido.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!